Dep. Educação Especial

EDUCAÇÃO ESPECIAL:

UM OLHAR QUE FAZ A DIFERENÇA!

 

Quem somos?

O departamento de Educação Especial do Agrupamento de Escolas de Montelongo é constituído por professores especializados dos grupos de docência 910 (domínio cognitivo-motor) que trabalham em articulação com técnicos de várias especialidades, nomeadamente Terapeuta OcupacionalTerapeutas da FalaFisioterapeutas e Psicóloga que anualmente são colocados ao abrigo da Portaria 1102/97 de 3 de novembro.

Numa perspetiva de escola inclusiva e equidade educativa, o departamento de Educação Especial constitui uma estrutura pedagógica especializada de apoio que visa responder às necessidades educativas especiais dos alunos com limitações significativas ao nível da atividade e participação num ou vários domínios de vida, decorrentes de alterações funcionais e estruturais de carácter permanente, para promover o seu potencial de funcionamento biopsicossocial.

Ainda neste âmbito, oferecemos igualmente respostas específicas diferenciadas através das seguintes estruturas:

Unidade de Ensino Estruturado para a Educação de Alunos com Espectro do Autismo do 1º Ciclo (Centro Educativo Montelongo);

Unidade de Ensino Estruturado para a Educação de Alunos com Espectro do Autismo do 2ºe 3º Ciclos (Escola Básica Montelongo);

Unidade de Apoio a Alunos com Multideficiência e Surdo-Cegueira Congénita 1º Ciclo (Centro Educativo Montelongo).

 

Missão

O Departamento de Educação Especial tem como missão fundamental colaborar na gestão da diversidade, na procura de diferentes tipos de estratégias que permitam responder às necessidades educativas dos alunos e na promoção de condições que assegurem a participação efetiva de todos na vida da escola, numa perspetiva de escola inclusiva.

No âmbito do Decreto-lei 3/2008 de 7 de Janeiro, a Educação Especial visa a criação de condições para a adequação do processo educativo às necessidades educativas especiais dos alunos com limitações significativas ao nível da atividade e da participação, num ou vários domínios da vida, decorrentes de alterações funcionais e estruturais, de carácter permanente, resultando em dificuldades continuadas ao nível da comunicação, da aprendizagem, da mobilidade, da autonomia, do relacionamento interpessoal e da participação social.

 

 Impressos e documentos

MP.044_EE_Referenciação
IMP.045_EE_Planificação_Processo_Avaliação
IMP.046_EE_Autorização_avaliação_especializada
IMP.047_EE_Relatório_Técnico_Pedagógico
IMP.048 - EE_PEI
IMP.049 - Atualização ao Programa Educativo Individual
IMP.050 - Revisão do Programa Educativo Individual
IMP.051_EE_Avaliação_PEI
IMP.052_EE_Atualização_Perfil_Funcionalidade
IMP.053_EE_Relatório_Circunstanciado
IMP.054_EE_Registo_Avaliação_ Aluno_CEI
IMP.055_EE__Adequações_Processo_Avaliação
IMP.056_EE_Apoio_Pedagógico_Personalizado
IMP.057_EE_Relatório_APP_trimestral
IMP.058_EE_Adequações_Curriculares_Individuais UEE
IMP.061_EE_Autorização_para_medidas_educativas
IMP.062_EE_Cessação_apoio

 Legislação

Lei n.º 71/2009, de 06/08, que cria o regime especial de proteção de crianças e jovens com doença oncológica
Lei n.º 21/2008, de 12/05, que procede à primeira alteração, por apreciação parlamentar, ao Decreto-Lei n.º 3/2008, de 07/01.
Decreto-Lei n.º 3/2008, de 07/01, que define os apoios especializados a prestar na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário dos sectores público, particular e cooperativo (Educação Especial).