Hábitos antitabágicos

 

Nos dias 14 e 15 de janeiro do corrente ano decorreram, nas Escolas Básicas Padre Joaquim Flores e Montelongo, sessões de sensibilização dos jovens para hábitos antitabágicos, no âmbito da saúde mental.

Os alunos do 5º ano de escolaridade foram o público-alvo do Enfermeiro Rafael Leite (Unidade de Saúde Escolar do Centro de Saúde de Fafe). O técnico usou uma linguagem clara e acessível, recorrendo a exemplos do quotidiano para sensibilizar os jovens alunos para os malefícios do tabaco, enfatizando que “qualquer plano de prevenção de doenças consequentes deste consumo tem, obrigatoriamente, de passar pela prevenção do tabagismo nos jovens, sob pena de ineficácia.”

A interlocutora PES do AEM