tozebasto

tozebasto

Alunos do Agrupamento de Escolas de Montelongo- conquistam prémios na fase nacional da European Statistics Competition

No âmbito da disciplina de Geografia, os alunos participaram na fase nacional da European Statistics Competition, apoiada pelo I.N.E e pelo Banco Mundial. 
A equipa Fighters (8ºDR) da Escola Básica Padre Joaquim Flores, conquistou o 2º lugar; a equipa Triângulo (8ºE) da Escola Básica da Montelongo alcançou o terceiro lugar e a equipa 2Stars (8ºB), da mesma escola, obteve o quinto lugar. 
Apoiamos a equipa Fighters, que concorre na fase europeia.
Parabéns a todos pela coragem, determinação e olhar atento sobre o mundo!!!
 

 

Read more...

Explora o teu futuro

O Agrupamento de Escolas de Montelongo no âmbito da Orientação Vocacional e Escolar, levado a cabo pelo SPO e PARIE, teve a imensa honra e prazer de receber as escolas: EB e Secundária de Fafe, Escola Profissional de Fafe, Escola Profissional de Fermil, Cisave, Epave, Escola EB e Secundária Santos Simões, Cenfim e Salvador Caetano de Braga, num encontro que decorreu na escola EB Padre Joaquim Flores e EB de Montelongo e que muito enriqueceu e esclareceu os nossos alunos. A todos os presentes e colaboradores um imenso agradecimento com os votos de um excelente ano letivo 2024/2025.

Read more...

À descoberta de Braga: da Romana à Barroca

       

Uma cidade de portas abertas”, foi o que o 9.ºDR da Escola Padre Joaquim Flores descobriu ao visitar Braga, no passado dia 24 de maio. O calcorreio pela cidade permitiu conhecer a Braga romana (numa altura em que decorriam as festividades com o mesmo nome) mas também a Braga barroca de André Soares e Carlos Amarante. Acompanhados pelas professoras Ana Feio e Lucília Henriques, os alunos puderam visitar as termas e o anfiteatro da antiga Bracara Augusta, bem como vestígios de algumas habitações e objetos na centenária pastelaria das Frigideiras do Cantinho. Numa visita encenada, passaram pelo acampamento brácaro e pela tenda do general, onde eram delineadas as estratégias de defesa e conquista do território.

E como Braga é a cidade dos arcebispos, não puderam deixar de passar pelas igrejas de S. Paulo, da Cividade, da Misericórdia, de Santa Cruz, do Hospital, do Pópulo, dos Terceiros, dos Congregados, da Senhora-a-Branca e de S. Victor sem, claro, esquecer, a famosa Sé de Braga onde passaram a fazer sentido os ditados “mais velho que a Sé de Braga” ou “meter a Sé na Misericórdia”.  Puderam ainda visitar os arcos de S. Paulo e da Porta Nova (e compreender o ditado “ir abaixo de Braga”), o Largo do Paço, a Biblioteca e a Câmara Municipal e apreciar a beleza do Jardim de Santa Bárbara. Entre os vestígios da muralha medieval, que foram procurando, dispersos pela cidade, ainda passaram pela torre da Menagem, pela Arcada e pela Avenida Central desfrutando os centenários cafés Viana e Brasileira.

E porque a contemporaneidade também é para apreciar, puderam deslumbrar-se com a escultura A Máscara, da prestigiada artista portuguesa, Joana Vasconcelos, recentemente inaugurada na entrada do Mercado Municipal.

Cansados, mas animados, todos disseram em uníssono que a visita foi “uma maravilha, uma maravilha!.

(Um agradecimento especial à Professora M.ª Agostinha Órfão que muito contribuiu para a realização desta visita, embora não pudesse ter acompanhado a turma no dia).

                   

Read more...
Subscribe to this RSS feed